segunda-feira, 11 de julho de 2016

Bolsas e Bolsas...






Adoramos fazer aquele troca troca de bolsas, né? 

Vou confessar que na minha vidinha de 7 anos atrás eu tinha 8 bolsas...Pra trabalhar, rs! Imagina o sufoco pra material de trabalho e como eu esquecia coisas dentro delas! Depois de quase de um ano achei um brilho bem caro que julguei ter perdido no Ônibus, dentro de uma bolsa listrada! Isso acontecia direto! Passou o tempo e há uns 4 anos vi que não precisava de 8 bolsas mas de 3, uma grande, uma pequena e uma para dias de chuva, tipo impermeável - Doei as demais e me senti leeeve...


 Hoje, quando fui procurar algumas coisinhas dentro da bolsa grande aqui no trabalho, percebi o que não tinha notado ha mais tempo: Como o forro de dentro estava sujo! Senti vergonha de mim! Eu??  kkk


Papai do  Céu logo me levou a uma aplicação pratica disso: Essa ai é a nossa mente feminina, funcionando em vários canais; Mais uma oportunidade para o Espírito Santo vir e ensinar que não basta apenas reduzir nossos riscos proporcionais devido a altas cargas de problemas, tarefas e excessos de planos e cobranças que nos fazemos ou aceitamos que nos imponham - Temos que ter uma vigilância interna para que possamos manter nosso território limpo! Ou então, aos poucos, tudo dentro dele vai se embotar: Bolor, bolor mesmo, sabe o que é, né?  Reduzi o numero de bolsas mas não zelei devidamente quando ficou até mais fácil para isso, me distrai: Não cuidei, não amei!  Tá, era só bolsa, mas não são só bolsas o tempo todo: Somos nós, é o nosso espelho é como ainda levamos a nossa vidinha.


Que o Senhor continue a nos mostrar como fazer a limpeza diária que é bem melhor e mais fácil que o dia do faxinão mas, se precisarmos encarar essa limpeza, que tenhamos a coragem de vivermos um dia de cada vez com muita alegria e leveza, com bolsas menores e mais dependência do Pai amado, Ele mesmo é quem diz em sua Palavra Santa que seu julgo é suave

e seu fardo  (troco por bolsa)
é leve


Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.
Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve.